Português Español English Français
EM DESTAQUE

Escrita Digital instala XRP |Formação no CERMI

A Escrita Digital foi escolhida pelo CERMI (Centro de Energias Renováveis e Manutenção Industrial) de Cabo Verde para fornecimento da aplicação XRP |Formação, com o objetivo de apoiar formadores e formandos nos seus estudos.

 newsletter   recrutamento   contactos 
RSS
facebook
Linked in
Um sistema de car sharing
COMO FAZER?
Assunto:
Sistema de car sharing
Esta ficha resume como é possível implementar um projecto de partilha de viaturas através do conceito de pool.
Descrição do projecto
Funcionamento típico:
  1. Os veículos partilhados ficam associados a uma pool, com um ou vários parques, e a grupos pool, como comerciais, ligeiros de cinco lugares, furgões, etc.;
  2. O utilizador que pretenda uma viatura, cria um “processo pool”, no qual indica o período pretendido, a pool (que representa o local onde pretende ir buscar o veículo) e o grupo pool (e não uma viatura específica), bem como outra informação considerada relevante para a sua organização;
  3. O processo poderá ir a autorização. Em geral, processos menos onerosos (por exemplo, até três horas, deslocações no concelho, sem motorista, etc.) terão um circuito de autorizações mais simples;
  4. A aplicação atribui o veículo de forma automática. Em alternativa, a gestão da pool pode indicar o veículo considerado mais adequado para o processo entre aqueles que estiverem disponíveis;
  5. Chegada a hora de início, o utilizador levanta a chave do veículo, sendo assinalada a sua entrada em circulação; caso o veículo não seja levantado, a aplicação liberta o veículo para outros processos;
  6. Na devolução, são registados os quilómetros e eventuais danos.
  7. Com o fecho do processo, são calculados os quilómetros percorridos, os custos e as emissões de CO2, que ficam disponíveis em diversos relatórios e exportações.
Aplicações XRP:

Pool
Implementação
Bastará, com a aplicação XRP |Pool:
  1. Decidir qual o parque, ou parques, de cada pool. Poder-se-ão associar vários parques numa mesma pool, caso estejam acessíveis aos colaboradores e as viaturas possam trocar de parque;
  2. Alocar viaturas à pool. Associar os veículos que se pretende que passem a funcionar em utilização partilhada;
  3. Definir quais os grupos pool que os utilizadores podem requisitar. Para evitar que um utilizador com carta de ligeiros peça uma viatura pesada, por exemplo;
  4. Decidir quais os gestores de cada pool, ou seja, quais os utilizadores que atribuem veículos e que possuem uma série de ferramentas para gerir imprevistos;
  5. Colocar a aplicação acessível às portarias, caso haja controlo de acessos ao parque. A interface das portarias é muito simples, sendo desnecessária formação;
  6. Verificar como, no sistema de car sharing, consegue cumprir com as necessidades do serviço, através dos diversos relatórios disponibilizados pela aplicação (por exemplo, taxa de ocupação por grupo, índice de satisfação de pedidos, etc.);
  7. Ponderar alienar os veículos de que a sua organização já não necessita. Ao final de algumas semanas, constatará que consegue manter o mesmo nível de serviço com menos viaturas.
Publicado
em:
27 de Setembro de 2011
Por: Tiago Branco
(tiago.branco@escritadigital.pt)

Escrita Digital, S.A.
Rua Castilho, 39, 10.º F
Edifício Castil
1250-068 Lisboa, Portugal

Telefone (+351) 21 381 17 10
Fax (+351) 21 381 1716
Web www.escritadigital.pt

xrpfrota.info@escritadigital.pt
Principais benefícios
  • Redução do número de viaturas através de uma maior taxa de utilização;
  • Imputação de custos por utilizador, unidade orgânica ou centro de custo;
  • Fácil resposta da organização a avarias ou outros motivos de indisponibilidade de viaturas;
  • Controlo da frota e dos seus custos com total eficiência e transparência.

Contacte-nos para saber mais sobre a família de aplicações XRP.
 
Documentos associados:   Como fazer Um sistema de car sharing.pdf

Partilhar |
Ajouter aux Favoris Imprimir Home style= Voltar
 política de privacidade  |  ficha técnica   copyright Escrita Digital, S.A. 2002